'Deus me ajudou em tempos difíceis', diz Bento XVI

ROMA, 18 ABR (ANSA) - O papa emérito Bento XVI completou 90 anos no último dia 16 de abril e agradeceu pelo afeto recebido e por Deus ter proporcionado uma "vida bela, intensa, com altos e baixos".   

"O meu coração está repleto de gratidão pelos 90 anos que Deus me deu. Já fui testado e provei tempos difíceis, mas Ele sempre me guiou e me tirou fora, de modo que eu pudesse continuar minha viagem", disse Bento XVI durante a celebração de seu aniversário nesta segunda-feira (17).   

Joseph Ratzinger recebeu em sua residência, o mosteiro "Mater Ecclesiae" nos jardins do Vaticano, uma delegação de sua terra natal, a Baviera, na Alemanha. Seu irmão Georg, três anos mais velho, e seu secretário particular, Georg Ganswein, também participaram da comemoração.   

"Baviera é bonita por sua criação. O país é bonito por suas torres, casas com varandas cheias de flores, as pessoas são boas. Baviera é bonita porque se conhece Deus e se sabe que foi Ele que criou o mundo e é bom quando nós contruímos juntos com Ele", ressaltou.   

Único a renunciar na história da Igreja Católica, o ex-Pontífice brindou o seu aniversário com uma caneca de cerveja. "Muito obrigado por trazer Baviera aqui. Desejo-lhe a bênção de Deus.   

Saúdem a casa, a minha gratidão a vocês e com muito prazer em meu coração, eu continuo a andar e viver em nossas paisagens e espero que tudo permaneça bem", finalizou. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos