Calábria é uma das regiões da UE com maior desemprego juvenil

BRUXELAS, 27 ABR (ANSA) - A Calábria, no sul da Itália, é uma das regiões da União Europeia com os maiores índices de desemprego entre os jovens.   

Segundo o Gabinete de Estatísticas da União Europeia (Eurostat), a taxa calabresa de desocupação entre trabalhadores de 15 a 24 anos é de 58,7%, o que deixa a região à frente apenas de Ceuta (69,1%) e Melilla (63,3%), os dois enclaves espanhóis no norte da África.   

Logo depois das três primeiras aparecem a Andaluzia, no sul da Espanha, com 57,9%, e as ilhas italianas da Sicília (57,2%) e da Sardenha (56,3%).   

Situada no "bico da bota", a Calábria é conhecida por suas belas praias, pela tradição enogastronômica e pelas plantações de laranja e tangerina, mas também sofre com a crise econômica e o desemprego, assim como todo o sul da Itália, mais carente que o norte. Recentemente, o jornal "The New York Times" a elegeu como um dos lugares para se visitar em 2017.   

Ainda de acordo com o Eurostat, cinco regiões italianas têm taxas de desemprego superiores ao dobro da média da União Europeia (8,6%): a própria Calábria (23,2%), Sicília (22,1%), Campânia (20,4%), Puglia (19,4%) e Sardenha (17,3%), todas na faixa meridional do país. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos