Trump e Macri expressam preocupação com Venezuela

WASHINGTON, 27 ABR (ANSA) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, recebeu nesta quinta-feira (27) o mandatário da Argentina, Mauricio Macri, a quem chamou de "amigo".   

O líder latino-americano está em visita oficial aos EUA desde a última quarta (26) e conhece o republicano há 25 anos - ambos são empresários do setor imobiliário e de construção civil.   

"Somos muito amigos há muitos, muitos anos", declarou Trump, antes de os dois entrarem na Casa Branca acompanhados pelas primeiras-damas Melania Trump e Juliana Awada. "Foi uma reunião maravilhosa", disse Macri mais tarde, acrescentando apenas que eles não conversaram sobre temas específicos de comércio.   

Pouco depois, os dois governos divulgaram um comunicado no qual manifestam "forte preocupação pela deteriorada situação da Venezuela", que registra quase 30 mortes em um mês de protestos contra Nicolás Maduro, e o "compromisso com a expansão dos investimentos".   

O argentino foi o segundo líder da América Latina a ser recebido pelo republicano na Casa Branca, após o presidente do Peru, Pedro Pablo Kuczynski. O governo do Brasil tenta agendar uma visita de Michel Temer ainda para este ano. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos