Renzi vence primárias de partido governista com 70% de votos

ROMA, 1 MAI (ANSA) - O ex-primeiro-ministro italiano Matteo Renzi foi eleito o novo secretário do Partido Democrático (PD) com 70,01% dos votos neste domingo (30), informou o comitê organizador das primárias nesta segunda-feira (1).   

Ao todo, Renzi teve 1.283.389 votos dos 1.848.658 eleitores. Em segundo lugar, ficou o ministro da Justiça da Itália, Andrea Orlando, com 19,5% (357.526), e em terceiro ficou o governador da Púglia, Michele Emiliano, com 10,49% (192.219).   

De acordo com o PD, no entanto, os números ainda são extra-oficiais porque ainda está em andamento a certificação dos votos por órgãos competentes. No entanto, não há dúvidas sobre a vitória do ex-premier.   

Ontem (30), assim que todos os números já davam a vitória como certa, Renzi destacou que as primárias não foram uma "revanche" contra a minoria que o critica incessantemente. "O congresso marca o início de uma nova página, não é uma revanche ou o segundo tempo de uma única partida", afirmou o novo secretário.   

Quem se manifestou nesta segunda sobre a vitória interna do ex-líder do governo italiano foi o candidato à Presidência da França, Emmanuel Macron. "Bravo, Matteo Renzi. 'no caminho'/en marche também ele. Juntos, nós mudaremos a Europa com todos os progressistas", escreveu Macron lembrando o nome de seu partido, o "En Marche" (Em movimento). (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos