Turquia prende mais de 100 pessoas em atos do Dia do Trabalho

SÃO PAULO, 1 MAI (ANSA) - A polícia turca prendeu mais de 100 pessoas nos eventos que comemoravam o Dia do Trabalho na capital do país, Ancara, informa a mídia internacional.   

As prisões ocorreram quando o grupo de manifestantes tentou realizar um evento na praça Taksim, célebre lugar de protestos contra o presidente Recep Tayyip Erdogan. Policiais ainda informaram que prenderam coquetéis molotov e granadas com o grupo.   

Desde 2007, o governo proíbe as manifestações do dia 1º de maio no local por conta das dezenas de confrontos já registrados no local. No entanto, as prisões ocorrem uma semana após Erdogan mandar para a prisão mais de três mil pessoas acusadas de conspirar contra o Estado.   

- Paris: Já em Paris, ao menos, quatro pessoas foram presas nos confrontos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos