Kate Middleton pede indenização por fotos de topless

NANTERRE, 2 MAI (ANSA) - O príncipe William e sua esposa, Kate Middleton, pediram uma indenização milionária de 1,5 milhão de euros em um processo contra os três fotógrafos franceses que tiraram fotos da duquesa de Cambridge fazendo topless durante férias na França em 2012. Os paparazzi, que são acusados de invasão de privacidade do casal real, compareceram nesta terça-feira, dia 2, ao tribunal de Naterres, na região central do país, no primeiro dia do julgamento. O casal real, no entanto, não esteve presente no local.   


Há cinco anos, duas revistas de fofocas francesas, a "Closer" e a La Provence", divulgaram em suas capas fotos de Kate com os seios à mostra quando ela e William estavam na região de Provença, no sul da nação, passando férias em um luxuoso resort.   


Naquela época, os pais dos pequenos George e Charlotte tinham acabado de se casar e as imagens causaram a ira da família real britânica e foram amplamente condenadas pelos seus membros. Além dos três fotógrafos, Cyril Moreau, Dominique Jacovides e Valerie Suau, o presidente do grupo editorial Mondadori, que publica a "Closer", Ernesto Mauri; o editor da revista na época, Laurence Piau; e o diretor da "La Provence", Marc Auburtin; também são réus do processo. O veredito do julgamento é esperado para o dia 4 de julho. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos