Pela 1ª vez, 'idosos' lideram desemprego na Itália

ROMA, 2 MAI (ANSA) - Pela primeira vez, a Itália registrou mais pessoas acima dos 50 anos desempregadas do que jovens entre 15 e 24 anos, revelou o Instituto de Estatísticas Italiano (Istat) nesta terça-feira (2). O nível de desocupação entre as faixas etárias é computado mensalmente pela entidade desde 2004 e surpreendeu os especialistas.   

Em março de 2017, 567 mil pessoas acima dos 50 anos estavam procurando emprego contra 524 mil dos mais jovens. Ao todo, houve um aumento de 59 mil "idosos" procurando trabalho contra apenas uma alta de três mil jovens no mesmo período.   

Em percentuais, o desemprego entre os jovens ficou em 34,1%, o número mais baixo dos últimos cinco anos. Para encontrar a última vez que o nível ficou menor é preciso voltar para fevereiro de 2012, quando o índice chegou a 33,4%. O índice caiu 0,4% na comparação com fevereiro e 0,3% com março de 2016.   

Já em números gerais, a taxa de desemprego voltou a subir 0,1% em relação a fevereiro, fechando o mês em 11,7%. A alta de 0,2 pontos percentuais na comparação com o mesmo mês de 2016 foi atrelada a um aumento no número de pessoas que decidiram procurar trabalho no período.   

A taxa de ocupação ficou em 57,6% em março, no mesmo nível do mês anterior, mas com uma alta de 0,6% na comparação com março do ano passado. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos