Premier da República Tcheca renuncia após desavença com vice

PRAGA, 2 MAI (ANSA) - O primeiro-ministro da República Tcheca, Bohuslav Sobotka, anunciou nesta terça-feira (2) sua renúncia ao cargo, juntamento com todo o gabinete, em reação a uma desavença com o vice-primeiro-ministro, Andrej Babis.   

"Não posso, como presidente do governo, ser o responsável por um vice-presidente do Executivo com um passado que não está clato", disse Sobotka durante entrevista coletiva na qual anunciou sua renúncia.   

A decisão foi tomada a menos de seis meses antes das eleições e é relativa as acusações e dúvidas sobre a origem do patrimônio do líder do movimento de centro ANO, o bilionário Babis.   

Babis é acusado de fraude fiscal e foi pressionado pelo premier tcheco para explicar suas transações financeiras, entre elas o uso de brechas legais para emitir títulos isentos de impostos.   

No entanto, ele negou qualquer irregularidade.   

Com a renúncia, está nas mãos do presidente tcheco, Milos Zeman, indicar um novo premier ou convocar eleições antecipadas, porém é preciso obter a aprovação departidos governistas e opositores do Parlamento. As eleições gerais na República Tcheca está prevista para acontecer em 20 e 21 de outubro. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos