Preso desde 2015, José Dirceu ganha liberdade do STF

SÃO PAULO, 02 MAI (ANSA) - A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) acatou nesta terça-feira (2) um pedido de liberdade do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, que está preso em Curitiba desde agosto de 2015.   


A decisão foi tomada por um placar de 3 a 2, sendo que os ministros Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes votaram a favor do petista, enquanto o relator Edson Fachin e o decano Celso de Mello se posicionaram contra a libertação de Dirceu.   


A defesa do ex-ministro da Casa Civil pedia a revogação de uma ordem de prisão preventiva emitida pelo juiz federal Sérgio Moro, que julga as ações da Operação Lava Jato na primeira instância e condenou o petista a mais de 30 anos de prisão por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa.   


Segundo a Justiça Federal, Dirceu é um dos criadores do esquema de desvio de recursos na Petrobras. Os procuradores também alegam que sua soltura comporta risco de fuga, de prejuízo às investigações e de cometimento de novos delitos.   


O principal argumento de Toffoli, Lewandowski e Mendes para libertá-lo foi o tempo já transcorrido em prisão preventiva, um ano e nove meses - o entendimento do STF é de que o encarceramento só deve ocorrer após condenações em segunda instância. Além disso, os ministros disseram que Moro pode adotar outras medidas cautelares, como a tornozeleira eletrônica. Antes da sessão, a Procuradoria da República em Curitiba antecipou uma nova denúncia contra o ex-ministro, desta vez o acusando de ter recebido R$ 2,4 milhões em propinas antes, durante e depois do julgamento do mensalão, no qual ele havia sido sentenciado a sete anos e 11 meses, pena perdoada em 2016 pelo ministro do STF Luís Roberto Barroso. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos