Milão cria projeto para 'relançar' bancas de jornais

MILÃO, 3 MAI (ANSA) - A cidade de Milão quer relançar as suas bancas de jornais, duramente atingidas pela crise no ramo editorial, com um projeto que tem como objetivo fazer com que elas não vendam apenas jornais, revistas e livros, mas se tornem pontos oficiais de informações turísticas e de serviços tanto para os cidadãos quanto para os turistas que visitam o município. O primeiro teste dessa iniciativa será o "Foodicola", manifestação enogastronômica patrocinada pelo município de Milão em âmbito no evento "Milano Food City", que acontecerá entre os dias 4 e 11 de maio. Serão 18 as bancas que participarão deste projeto, onde será possível degustar alimentos e pratos típicos da tradição italiana depois de comprar o seu jornal. Entre os eventos que ocorrerão junto à manifestação estão "show cookings" com a presença de grandes chefes. O ponto central da iniciativa será na piazza Cordusio, onde está marcado um grande evento em parceria com a "Gambero Rosso", editora italiana especializada em gastronomia, e que será transmitido pela emissora "Sky". Outros eventos também terão a colaboração de ONGs, como a Pane Quotidiano, que durante todo o período da "Milano Food City" conscientizará as pessoas sobre o desperdício alimentar. Os eventos serão realizados junto ao Sindicato Nacional Autônomo dos Jornaleiros (Snag) com o objetivo de dar início a esse "relançamento" das bancas de jornais milanesas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos