Opositor de Putin pode ficar cego após ataque com tinta

MOSCOU, 3 MAI (ANSA) - O opositor do governo russo, Alexei Navalny, corre o risco de ficar cego do olho esquerdo após um ataque químico, ocorrido no dia 27 de abril, enquanto fazia campanha contra o presidente Vladimir Putin.   

"O ataque que sofri reduziu 80% da capacidade de enxergar de um olho. No momento, não é uma condição irreversível, os médicos me tratam ativamente e há esperança que consigamos sair dessa. Me ajudaria muito poder ir para clínicas especializadas na Suíça ou Espanha, mas como sabem, o governo me impediu de deixar o país por cinco anos", escreveu Navalny em seu blog.   

Esse foi o segundo ataque com produtos químicos que o opositor sofreu em menos de um mês. No primeiro, ele foi alvo de uma ação com um spray médico verde, que o deixou com a cor diferente por vários dias e rendeu diversas brincadeiras do próprio Navalny nas redes sociais.   

A segunda ação parecia até mais inofensiva, já que não o manteve com a coloração esverdeada. No entanto, de acordo com o ativista, havia uma mistura com outro produto químico, que causou a cegueira temporária.   

Para tentar descobrir que fez o ataque contra o líder da oposição, que já anunciou a intenção de concorrer à Presidência do país no ano que vem, diversos apoiadores começaram uma ação de investigação nas redes sociais.   

De acordo com eles, o homem que fez o ataque pertence a um grupo de apoiadores de Putin, chamado SERB. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos