Governador de Hiroshima convida Papa para visitar cidade

TÓQUIO, 4 MAI (ANSA) - O governador da província de Hiroshima, Hidehiko Yuzaki convidou publicamente nesta quinta-feira, dia 4, o papa Francisco para visitar a cidade atingida pela bomba atômica há mais de 70 anos durante a Segunda Guerra Mundial e aproveitou para fazer um apelo de paz à comunidade mundial. "Hiroshima é um símbolo da reconstrução, da esperança e da paz.   

Uma visita de papa Francisco poderia envolver a atenção do mundo e abrir um debate a nível global para a eliminação das armas nucleares", disse Yuzaki. O convite aconteceu durante uma visita de Yuzaki no Vaticano seguido de um encontro com o secretário de Estado da Santa Sé, Pietro Parolin, e foi amplamente dado pela imprensa japonesa.   

O Pontífice já falou mais de uma vez sobre a questão do desarmamento nuclear e a eventual viagem a Hiroshima poderia ser a primeira visista de um líder da Igreja Católica ao Japão desde que João Paulo II foi ao país em 1981. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos