Premier da República Tcheca recua e retira pedido de demissão

PRAGA, 5 AMI (ANSA) - O primeiro-ministro da República Tcheca, Bohuslav Sobotka, anunciou nesta sexta-feira (5) que vai retirar seu pedido de demissão e irá propor ao presidente tcheco, Milos Zeman, destituir o ministro das Finanças, Andrej Babis, suspeito de fraude.   

"Não apresentarei a renúncia. Vou propor em breve ao presidente da República que demita o ministro das Finanças", declarou Sobotka à imprensa.   

De acordo com o premier, a mudança de opinião aconteceu após uma reunião com o chefe de Estado. "Substituir o primeiro-ministro não resolveria a crise do governo causada pelos escândalos de Babis, que permaneceria no governo", acrescentou.   

Na última terça-feira (2), Sobotka havia anunciado sua renúncia ao cargo, juntamente com todo o gabinete, em reação a uma desavença com Babis, acusado de fraude fiscal. Na ocasião, o vice-primeiro-ministro foi pressionado a explicar suas transações financeiras, entre elas o uso de brechas legais para emitir títulos isentos de impostos. No entanto, Babis negou qualquer irregularidade. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos