Le Pen admite derrota, mas fala em resultado 'histórico'

PARIS, 07 MAI (ANSA) - Líder durante boa parte da campanha, Marine Le Pen admitiu sua derrota 10 minutos depois do fechamento das urnas. "Telefonei a Macron para parabenizá-lo.   

Desejei boa sorte nos imensos desafios que ele terá pela frente", afirmou, acrescentando que os franceses designaram a "aliança patriota e republicana como principal força de oposição ao projeto do novo presidente".   

"O primeiro turno endossou o colapso da política francesa tradicional, pela eliminação dos velhos partidos. Esse segundo turno organizou uma recomposição política em torno da separação entre patriotas e globalistas", ressaltou Le Pen, que chamou seu resultado de "histórico". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos