Com Macri, Mattarella elogia 'vínculo único' com Argentina

BUENOS AIRES, 8 MAI (ANSA) - O presidente da Itália, Sergio Mattarella, continuou nesta segunda-feira, dia 8, sua viagem à Argentina e se encontrou com o mandatário do país, Mauricio Macri, na sede da Presidência da nação sul-americana, a famosa Casa Rosada, onde discutiu a relação de amizade que os dois países têm entre si.   

Na reunião a portas fechadas, que foi seguida por um almoço e por uma coletiva de imprensa, Mattarella disse que entre os dois países há "um vínculo único no mundo". O mandatário italiano também destacou que a Itália e a Argentina "mais que amigos são países irmãos" e relembrou o vigor no qual se encontra a "colaboração" bilateral. "Faremos tudo o possível para que ela [colaboração] continue crescendo de maneira intensa", disse o presidente ressaltando a importância dos encontros para chegar à assinatura de um acordo entre Mercosul e União Europeia. "A Itália está muito comprometida nesta frente" já que ela ajudaria a formar "um mercado de 700 milhões de pessoas", o que seria "um sinal importante de aberturas comerciais". Por sua vez, Macri disse que se sente "muito contente" com "o importante avanço entre Mercosul e União Europeia", que, segundo ele, "pode ter efeitos muito positivos para a redução da pobreza", e agradeceu a "relação preferencial, especial", que ambos presidentes querem manter entre os dois países. O presidente argentino pediu aos 50 empresários italianos que acompanharam Mattarella na sua visita oficial que ajudem o país passar do "celeiro do mundo para o supermercado do mundo, agregando valor" às suas valiosas matérias-primas. Além disso, o ministro das Relações Exteriores da Itália, Angelino Alfano, aproveitou a reunião na Casa Rosada para assinar uma série de acordos bilaterais importantes em assuntos como a troca de informações para a luta contra o crime e o narcotráfico e contra as mudanças climáticas e a redução das emissões de poluentes na atmosfera. Ainda estava prevista para esta segunda uma homenagem ao general San Martín, na Praça de Maio, e uma visita à Scuola Italiana Cristoforo Colombo, onde o mandatário se encontrou com alunos italianos em Buenos Aires. À noite, Mattarella se reunirá com a comunidade italiana no Teatro Coliseo. Já na terça terça-feira (9), o chefe de Estado fará um discurso no Congresso, com encontros posteriores com os presidentes do Senado e da Câmara dos Deputados. E no dia 10, Mattarella deixa Buenos Aires e parte para Bariloche, onde se encontrará com a comunidade italiana na escola Dante Alighieri e uma visita à sede da Invap, um empresa de alta tecnologia argentina que conta com atividades de colaboração científica de companhias italianas. De Bariloche, o presidente italiano parte para a segunda etapa da viagem pela América do Sul, no Uruguai. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos