Macron vence com mais de 90% dos votos de franceses no Brasil

SÃO PAULO E ROMA, 8 MAI (ANSA) - O novo presidente da França, Emmanuel Macron, não teve apenas uma vitória consistente em seu país, onde 66,1% dos eleitores franceses optaram por ele e apenas 33,9% votaram na líder ultranacionalista Marine Le Pen.   

Nas embaixadas da França no Brasil, Macron também obteve vitórias esmagadoras em todos os locais que abriram votação para os cidadãos. Na embaixada em Brasília, dos 397 votos recolhidos, o representante do Em Movimento! teve 90,43% contra 9,57% de Le Pen.   

No distrito consular eleitoral que reúne os votos de Brasília, Salvador e Recife, Macron apareceu com 90,16% dos 681 votos contra 9,84% da líder da extrema-direita. Já nos votos das demais embaixadas, dos 4.960 votos computados, 93,29% optaram por Macron e 6,71% de Le Pen.   

- França: A França, que teve a maior diferença eleitoral do vencedor desde 2002, apresentou pouca divisão em seus votos. Com exceção de dois dos 101 departamentos franceses, Macron foi o grande vencedor.   

A líder ultranacionalista venceu em Pas-de-Calais, onde obteve 52,05% dos votos contra 47,95% de Macron, e em Aisne, onde conquistou a vitória por 52,91% contra 47,09%.   

Nas principais cidades francesas, o então líder do Em Movimento não teve dificuldades para vencer. Em Paris, foram 89,68% dos votos a seu favor contra apenas 10,32% de Le Pen. Já em Nice, um tradicional posto da direita, o ex-banqueiro também venceu com facilidade, com mais de 60,14%.   

As duas cidades foram palcos dos mais sangrentos atentados terroristas dos últimos três anos, com 86 mortos em um atentado no Dia da Queda da Bastilha em Nice e com as mais de 100 mortes em Paris em uma série de ações planejadas pelo Estado Islâmico (EI).   

Em Toulouse, 82,97% optaram por Macron - em número semelhante aos 82,67% que optaram por Macron em Grenoble. Em Bordeaux, foram 85,92%, em Rennes foram 88,39% e em Saint-Étienne foram 74,14% de votos para o candidato. Já em Marselha, o percentual foi um pouco menor, mas ainda assim a vantagem foi enorme: 64,42% contra 25,86%.   

Em Nantes, Macron obteve 86,52% dos votos, enquanto em Estrasburgo foram 81,24% e em Lille foram 78,27%. Já em Lyon, foram outros 84,11% dos votos dos franceses para o representante do Em Movimento!. Em números totais, Macron teve 20,8 milhões de votos, contra 10,6 milhões de Le Pen, 4,07 milhões de brancos ou nulos e 12,1 milhões de abstenções.   

- Itália: Na Itália, Macron também obteve vitórias expressivas em todo o país: foram 84,27% (10.613) dos votos a seu favor contra 15,73% (1.981) para Le Pen.   

Na circunscrição de Roma, o representante do Em Movimento! teve 85,23%, em Milão foram 84,2% dos votos e em Nápoles foram 76,8%.   

Quase 60% dos franceses que tinham direito ao voto na Itália foram às urnas, com uma abstenção de 41,03%. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos