Conmebol poderá ter até 70% de seus times na Copa de 2026

SÃO PAULO, 09 MAI (ANSA) - O Conselho da Fifa confirmou nesta terça-feira (9) a distribuição de vagas para a Copa do Mundo a partir de 2026, quando o torneio passará a ser disputado por 48 seleções, ao contrário das atuais 32.   


Serão 46 vagas diretas: 16 para a Europa, nove para a África, oito para a Ásia, seis para a América do Sul (Conmebol), seis para a América do Norte e Central (Concacaf) e uma para a Oceania. Já os outros dois postos serão definidos por meio de repescagem entre um representante africano, um asiático, um da Conmebol e um da Concacaf.   


Ou seja, as Eliminatórias sul-americanas, que têm apenas 10 times, passarão a classificar pelo menos 60% de seus competidores, com a possibilidade de se chegar a 70%.   


Atualmente, há apenas uma candidatura para sediar o Mundial de 2026, dividida entre Estados Unidos, Canadá e México.   


A nova Copa, principal novidade de Gianni Infantino desde sua chegada à presidência da Fifa, deverá ter 16 grupos com três seleções cada. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos