Teste 'às cegas' acaba com mito do violino Stradivarius

PARIS, 9 MAI (ANSA) - O mito do Stradivarius, que é conhecido como o melhor violino do mundo, pode ter caído por terra definitivamente após especialistas em música terem realizado um teste "às cegas" para descobrir quem tem o melhor som, os violinos antigos ou os mais modernos, e escolhido os segundos. O teste foi realizado pela especialista em acústica Claudia Fritz e pelos colaboradores da Universidade Pierre e Marie Curie de Paris e publicado na revista da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos (PNAS). Os instrumentos foram testados "às cegas" em duas salas de Paris e de Nova York. Músicos profissionais e aclamados tocaram sozinhos e depois com uma orquestra com violinos antigos e modernos, incluindo alguns Stradivarius. A outros violinistas, luthiers, compositores e críticos musicais foi pedido que avaliassem o som dos instrumentos e os julgassem.   

E o resultado desse experimento foi que a grande maioria dos "jurados" preferiu os violinos modernos. Assim, o resultado do teste concluiu que a superioridade do Stradivarius não existe mais.   

Mesmo assim, ainda há muitos fatores para se ter em consideração sobre o assunto, como o de que a relação entre o músico e seu violino pode não ser limitada apenas às características físicas do instrumento, podendo ser profundamente pessoal. O violinista Stéphane Tran Ngoc, que realizou um teste similar em 2012, que no entanto foi descartado por ter levantado dúvidas sobre sua condução, por exemplo, também ressaltou que "com os instrumentos antigos é necessário se exercitar durante muito tempo para compreender como expressar seu potencial da melhor maneira". "Um autêntico violino italiano [como um Stradivarius] produzirá um som cada vez melhor a medida que se toca com ele ao contrário do que acontece com muitos instrumentos modernos", explicou o músico. Estima-se que Antonio Stradivari, o luthier mais célebre do século 17 que nasceu na cidade italiana de Cremona em 1664, fabricou cerca de mil violinos, sendo que apenas 500 continuam em circulação. Por isso, os considerados melhores violinos do mundo são extremamente raros e caros. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos