Jesuítas restituirão terras a tribo indígena nos EUA

CIDADE DO VATICANO, 11 MAI (ANSA) - Até o fim deste mês de maio, mais de 500 hectares de terra que atualmente pertencem a jesuítas norte-americanos serão restituídos à Rosebud Indian Reservation (RIR), reserva indígena sioux no estado de Dakota do Sul, de acordo com a agência de notícias vaticana "Fides". O território foi concedido aos jesuítas pelo governo dos Estados Unidos em 1880 para a construção de igrejas e cemitérios e antes pertencia aos grupos indígenas da região, principalmente o povo Lakota.   

"No início da missão tínhamos 23 estações missioneiras. Mas com o passar dos anos, quando as pessoas se afastaram do interior e do campo, essas igrejas foram fechadas porque não eram mais utilizadas", disse o presidente da missão jesuíta de San Francisco, padre John Hatcher em um vídeo. Segundo o norte-americano, "chegou o momento de restituir à tribo aqueles terrenos que foram entregues à Igreja para fins religiosos" e devolvê-los ao povo Lakota, indígenas sioux que participam da reserva. De acordo com o vice-diretor executivo da Tribal Land Enterprises, a sociedade que administra a RIR, Harold Comton, as terras "poderiam ser usadas para a agricultura e para o pasto", "para o desenvolvimento da comunidade", ou ainda para "objetivos religiosos".   

A tribo Rosebud Sioux conta com cerca de 25 mil pessoas registradas, da qual 15 mil vivem na reserva. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos