Mulher morre ao defender amiga ameaçada pelo ex na Itália

CASERTA, 14 MAI (ANSA) - A polícia de Castel Volturno, em Caserta, na Itália, confirmou a morte de Binta Sani, 44 anos, neste domingo (14) após ela ficar três dias internada em um hospital da cidade.   

Sani faleceu ao defender uma amiga do ataque de fúria do ex-namorado dela, identificado como Chukwudi Mgbemena, 39. O crime ocorreu quando a ex-namorada, Santi e mais um amigo saíam de um estabelecimento. Segundo os policiais, o nigeriano atacou o homem e Santi, mas não conseguiu agredir a mulher porque pessoas próximas ao crime chamaram a polícia.   

Ele foi preso em flagrante e responde, até o momento, por tentativa de homicídio - acusação que vai mudar após o assassinato de Santi. O estado de saúde do amigo que foi atacado por Mgbemena é mantido em sigilo pelas autoridades. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos