Venezuela registra mais 2 mortes em protestos contra Maduro

CARACAS, 16 MAI (ANSA) - Um jovem de 17 anos e um homem de 33 anos morreram ontem (15) em uma manifestação na Venezuela, elevando o número de vítimas em protestos contra o governo de Nicolás Maduro, iniciados em abril. Identificado como Luis Alviarez, o jovem foi morto no estado de Tachira, durante uma manifestação. No Twitter, Patricia Ceballos, prefeita de San Cristobal, capital de Tachira, disse que o adolescente foi "assassinado por um agente da polícia nacional" e denunciou a morte de outra pessoa, Diego Hernandez, de 33 anos.   

A imprensa fala que os protestos deixaram já 46 ou 47 mortos, mas a Promotoria reconhece apenas 38 vítimas. Outras 800 pessoas ficaram feridas.   

A tensão política na Venezuela já dura anos, mas se agravou há um mês e meio, com os protestos da oposição contra Maduro. A comunidade internacional, principalmente os países da América Latina, tentam pressionar o presidente a iniciar uma negociação.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos