Berlusconi cria partido político para defender animais

MILÃO, 21 MAI (ANSA) - O ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi fundou neste sábado (20) durante uma reunião em Milão um novo partido político pelos direitos dos animais.   

A apresentação do partido chamado de "Movimento Animalista" contou com a presença da companheira de Berlusconi, Francesca Pascale, e de seu irmão, Paolo Berlusconi. "Fizemos uma pesquisa com duas mil pessoas e pensei que o novo partido pode chegar a 20%, o que no Parlamento equivale a 160 deputados e 63 senadores", afirmou o ex-premier.   

"Os membros do partido são pessoas generosas que estão dispostas a se comprometer com o país. Somos independentes de partidos políticos", disse Michela Vittoria Brambilla, ativista e presidente do novo movimento político. "Nós não defenderemos os interesses econômicos, nosso movimento vai lutar contra todas as formas de violência e exploração dos animais, a fim de aumentar a proteção e melhorar o relacionamento com os homens", acrescentou.   

Aos 80 anos de idade, o polêmico Berlusconi, processado em uma série de escândalos judiciais, já causou reações e críticas em todo o país após adotar cinco cordeiros em uma campanha ambientalista.   

Na ocasião, a iniciativa fazia parte de uma campanha lançada pela ativista Brambilla e tinha o objetivo de reduzir o número de animais mortos durante as celebrações católicas de Páscoa.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos