EI celebra explosões em Manchester, mas não reivindica

SÃO PAULO, 22 MAI (ANSA) - Seguidores e membros do grupo extremista Estado Islâmico (EI) comemoraram nas redes sociais o incidente no show da cantora Ariana Grande em Manchester, que deixou 19 mortos e 50 feridos. Os jihadistas celebraram as mortes, mas até o momento nenhum grupo assumiu a autoria das explosões, as quais estão sendo tratadas como "possível atentado terrorista" pela polícia britânica. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos