Líder norte-coreano aprova fabricação em massa de míssil

SEUL, 22 MAI (ANSA) - O presidente da Coreia do Norte, Kim Jong-un, aprovou a produção em larga escala de um novo míssil de médio e longo alcance, o Pukguksong-2 (KN-15). A autorização para a fabricação da arma veio após o país ter sucesso em um teste do equipamento no fim de semana. "Esse tipo de míssil deve ser rapidamente produzido em massa e em série", disse o ditador norte-coreano citado pela agência de notícias Yonhap. Kim Jong-un supervisionou pessoalmente o teste do K-15 no domingo e comemorou o sucesso do míssil em atingir seus respectivos alvos. O equipamento teria sobrevoado cerca de 500 quilômetros e caído no Mar do Japão. "O objetivo do lançamento era a verificação de todos os indícios técnicos e a análise de sua adaptação diante de diversas condições de batalha, antes que o míssil seja enviado a unidades militares para uso", afirmou o líder do país. Há uma semana, a Coreia do Norte testou outro míssil, o Hwasong 12, que alcançou 800 quilômetros. Os testes, que já totalizam oito desde o início do ano, aumentam a tensão na região asiática e as provocações contra os Estados Unidos, cujo presidente, Donald Trump, promete respostas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos