Trump chega a Israel e defende acordo de paz com palestinos

TEL AVIV, 22 MAI (ANSA) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, inicia nesta segunda-feira (22) uma visita a Israel e Cisjordânia com o objetivo de pedir que os líderes Benjamin Netahyahu e Mahmoud Abbas apoiem e assinem um acordo de paz. "Nesta minha viagem, encontrei novas razões para esperança", disse o presidente. "Temos uma oportunidade rara de poder criar a paz nesta região. Vim para ressaltar os laços que não podem ser despedaçados entre EUA e Israel", ressaltou Trump. Israel e Cisjordânia são dois países que fazem parte do primeiro tour internacional de Trump ao exterior como mandatário, iniciado na semana passada, na Arábia Saudita. O republicano desembarcou pela manhã em Israel e foi recebido no aeroporto por Benjamin Netanyahu, quem logo garantiu que "Israel quer a paz". "Obrigado por sua histórica visita a Israel como parte de sua primeira missão ao exterior", disse o premier, ressaltando que seu país "busca a paz". Por sua vez, o presidente norte-americano garantiu que os EUA "amam e respeitam Israel" e que estão sempre ao lado da nação devido às "ligações indissolúveis".   

De acordo com a Casa Branca, Trump pedirá que Israel encerre os assentamentos na Cisjordânia e que os palestinos parem de lançar campanhas de violência contra os judeus. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos