Macron pede prorrogação de estado de emergência na França

PARIS, 24 MAI (ANSA) - Após o atentado da última segunda-feira (22) em Manchester, na Inglaterra, o presidente francês Emmanuel Macron pediu ao Paralamento que aprove a prorrogação do estado de emergência até o dia 1º de novembro.   

A medida, solicitada pelo ex-presidente François Hollande, entrou em vigor após os atentados de 2015, que mataram 130 pessoas na capital francesa, e terminaria no dia 15 de julho.   

Esta é a 6ª vez que o estado de emergência será prorrogado.   

Macron tomou a decisão após uma reunião de segurança realizada nesta quarta-feira (24), na qual as autoridades francesas estudaram o impacto do ataque em Manchester e novas medidas de proteção para a população francesa. "Nossa prioridade é garantir, a longo prazo, o maior nível de segurança possível contra uma ameaça que estamos combatendo em todas as frentes", afirmou o premier francês, Edouard Philippe.   

O presidente também pediu que o governo do país elabore um Projeto de Lei para reforçar os meios de segurança permanentemente. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos