Temer volta atrás e desiste de colocar Exército em Brasília

SÃO PAULO, 25 MAI (ANSA) - Após ser criticado por partidos políticos e movimentos de direitos humanos, o presidente Michel Temer voltou atrás e revogou hoje (25) o decreto que autorizava a presença de militares nas ruas de Brasília. O decreto tinha sido assinado ontem (24) devido ao protesto que terminou em violência, com confrontos entre policiais e manifestantes na capital federal. Ao menos sete pessoas foram presas, 49 estão detidas e dois ministérios foram incendiados. Dezenas de outros prédios governistas foram evacuados e depredados. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos