Justiça nega recurso do MP em ação criminal contra Neymar

SÃO PAULO, 30 MAI (ANSA) - O Tribunal Regional Federal da 3ª região negou nesta terça-feira (30) um recurso apresentado pelo Ministério Público de São Paulo para que a denúncia da Procuradoria contra Neymar, e seu pai, Neymar Silva, fosse aceita.   


No recurso também estavam incluídos o ex-presidente do Barcelona, Sandro Rosell, e o atual, Josep Maria Bartomeu.   


Todos são acusados pelos procuradores de crimes de sonegação fiscal e falsidade ideológica e agora o caso ficará suspenso até que a Receita conclua o procedimento administrativo. A decisão segue aquela aprovada em primeira instância pela Justiça no início do ano passado.   


O caso refere-se a instauração de um processo administrativo aberto pela Receita Federal, em 2016, que investiga crimes tributários por parte de Neymar e de seu pai na criação de empresas para receber verbas do jogador.   


No entanto, o TRF afirma que um processo judicial sobre o caso só pode ser iniciado assim que o procedimento administrativo da Receita for terminado. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos