Itália inaugura primeiro museu dedicado à publicidade

TREVISO, 31 MAI (ANSA) - A cidade de Treviso, na Itália, inaugurou o primeiro museu sobre a publicidade na Itália, em um local que receberá quase 25 mil peças de alto valor da "Coleção Salce", a mais importante do país, que foi doada ao Estado.   


Do esplendor da Belle Époque até o período entre as duas guerras mundiais - passando pelo "boom" da publicidade nos anos 1960, os cartazes de grande valor artístico poderão ser apreciados no local.   


O museu foi inaugurado pelo ministro dos Bens Culturais e Turismo da Itália, Dario Franceschini, e se incorporou à rede de museus estatais italianos. O espaço foi distribuído em dois importantes edifícios estatais: o Complexo San Gaetano, destinado a mostras, e o Complexo Santa Margherita, que será destinado à conservação e valorização das obras.   


Serão expostas ao público as 24.580 mil peças do colecionador italiano Ferdinando Salce e sua mulher, Regina Gregory - um tesouro que jamais tinha tido um local de exposição próprio e permanente.   


Assim, o legado de "Salce", que disputa importância na Europa com o "Musée de la Publicité" (atual Museé des Arts Décoratives) de Paris, se transformou em um museu estatal, e pode ser definido como primeira instituição italiana dedicada exclusivamente à publicidade.   


Segundo o Ministério de Bens Culturais e Turismo, por motivos de conservação e gestão, o acesso direto ao depósito das obras estará limitado a estudiosos, mas tudo o que não estiver fisicamente à disposição do público poderá ser acessado no site www.collezionesalce.beniculturali.it Desde abril, o local recebe mostras temporárias, abertas ao público, do Museu Salce, construído no imóvel histórico anexo à igreja de San Gaetano. A ideia é que, a cada quatro meses, terá uma seção, um tema ou um autor diferente, no chamado "ciclo de Ilustres Persuasões" A exposição atual, inaugurada no dia 27 de maio, é dedicada aos "Esplendores da Bella Époque", e ficará aberta ao público até dia 2 de julho. As exposições seguintes serão dedicadas aos períodos "entre as duas guerras mundiais" e "da segunda pós-guerra até 1962".   


Em um período de pouco menos de um ano, está programada a apresentação ao público de cerca de 300 obras, em uma espécie de antologia da publicidade gráfica tal como selecionou e conservou "Nando" Salce, em um período que vai desde as compras de sua juventude, a partir de 1895, até seu falecimento, ocorrido em 1962. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos