Maioria dos italianos quer levar cães e gatos para férias

ROMA, 1 JUN (ANSA) - Mais da metade dos italianos, cerca de 57%, desejam ter seu cachorro ou gato presente durante as férias, revela um estudo italiano realizado pelo Instituto Eurispes .   


Segundo a pesquisa, somente 14% dos italianos confiariam em deixar os animais com sua família ou amigos e apenas 11% levariam eles para "hotéis" especializados.   


O estudo ainda afirma que ao menos metade dos italianos cuidam de algum animal de estimação. Além disso, cerca de 43% das pessoas consideram os cachorros e gatos membros efetivos da família. Para 24% os animais são os principais companheiros e para 19% eles são amigos de confiança.   


No entanto, de acordo com a associação animalista italiana LAV, na Itália são abandonados em média 80 mil gatos e 50 mil cães por ano, sendo que mais de 80% são mortos em acidentes. Para praticamente 88% dos italianos, as leis para maus tratos e abandono de animais deveriam ser mais severas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos