Trump adia mudança e manterá embaixada dos EUA em Tel Aviv

NOVA YORK, 1 JUN (ANSA) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, desistiu temporariamente de mudar a embaixada do país de Tel Aviv para Jerusalém, informam fontes da Casa Branca nesta quinta-feira (1).   

De acordo com as primeiras informações, o presidente firmou um decreto que mantém a representação diplomática de Israel onde está pelos próximos seis meses, em um processo feito há anos por presidentes de ambos os partidos.   

A medida foi baixada para facilitar a retomada do diálogo de paz entre israelenses e palestinos após anos de paralisação.   

Trump esteve no mês passado em Israel e se encontrou com líderes de ambos os lados. Ele prometeu reunir esforços para encontrar a paz entre as duas nações e comentou que "encontrou novas razões" para ter esperança de um acordo pacífico entre Palestina e Israel.   

A notícia de que os EUA mudariam a sede diplomática de Tel Aviv para uma área disputada há décadas entre os dois lados do conflito causou uma crise com as lideranças da Autoridade Nacional Palestina (ANP) e era considerada uma "vitória" do premier israelense Benjamin Netanyahu.   

A medida poderia acirrar ainda mais os ânimos e congelar de vez a intermediação norte-americana no processo de paz da região.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos