Bolonha tem recorde de emigração; Brasil está entre destinos

BOLONHA, 2 JUN (ANSA) - O ano de 2016 foi de recorde para a emigração de italianos da cidade de Bolonha, na região da Emília-Romana, algo não visto no último quarto de século, de acordo com os dados divulgados pelo Escritório de Estatísticas do Município.   

Quase mil bolonheses, 985 exatamente, deixaram a Itália no ano passado para viver em outros países do globo, principalmente Reino Unido, França, Estados Unidos, Alemanha, Espanha, Suíça e até Brasil. Os anos que tiveram números semelhantes foram 1990, com 172 casos de emigração, e 2008, com outros 500 casos. Nenhum deles, como pode-se perceber no entanto, supera o número do ano passado. Segundo a administração da cidade, a idade média desses emigrantes italianos nos últimos cinco anos é de 33,4 anos, bem menor que a média dos habitantes do município, que é de 49,3 anos. Em Bolonha, os adultos entre 30 e 44 anos correspondem à 42% do total dos moradores. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos