Caos na British Airways pode ter sido causado por erro humano

SÃO PAULO, 2 JUN (ANSA) - A falha elétrica responsável por causar um caos nos horários dos voos da companhia aérea British Airways e deixar mais de 77 mil passageiros sem embarcar durante dois dias pode ter sido causada por um funcionário da empresa, segundo informou o jornal "The New York Times".   

De acordo com a publicação desta sexta-feira (2), o homem foi contratado para fazer manutenção no centro de dados da companhia e desligou, indevidamente, a rede elétrica.   

No último fim de semana, todos os sistemas da companhia aérea se apagaram, o que provocou o cancelamento de mais de 700 voos no aeroporto londrino de Heathrow e em Gatwick, ao sul da cidade.   

Na ocasião, a empresa já havia afastado, contudo, a hipótese de se tratar de um ciberataque. Segundo cálculos da mídia britânica, o prejuízo da British Airways podem chegar às 100 milhões de libras esterlinas (cerca de R$420 milhões). (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos