Em indireta a Trump,Vaticano lembra que planeta é casa comum

CIDADE DO VATICANO, 2 JUN (ANSA) - Em uma nota enviada pelo Pontifício Conselho do Diálogo Inter-religioso aos muçulmanos pelo Ramadã, o Vaticano lembrou que "o mundo é uma casa comum para todos os membros da família humana".   

"Por isso, nenhuma pessoa, nação ou povo pode impor uma maneira exclusiva sobre a própria compreensão do planeta. E, por isso, o papa Francisco convida a todos a 'renovar o diálogo sobre a maneira que estamos construindo o futuro do nosso planeta' porque o desafio ambiental que vivemos, e suas raízes humanas, nos atingem e tocam a todos", diz em comunicado a entidade.   

A mensagem vem no dia seguinte ao anúncio do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, informar que estava retirando seu país do maior acordo climático da história, o Acordo de Paris.   

O Pontífice é um dos maiores defensores do debate sobre as mudanças climáticas e os efeitos que elas trazem sobre as pessoas, especialmente, as mais pobres. Por conta disso, sua primeira encíclica foi voltada ao cuidado necessário com o meio-ambiente para garantir o futuro.   

Na última semana, os dois líderes se reuniram no Vaticano e chegaram a debater o tema, sendo que Jorge Mario Bergoglio deu a Trump uma cópia da sua encíclica, "Laudato Si". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos