Atentado terrorista mata quase 20 em funeral em Cabul

CABUL, 03 JUN (ANSA) - Pelo menos 18 pessoas morreram e quase 90 ficaram feridas em uma tripla explosão ocorrida durante um funeral em um cemitério de Cabul, capital do Afeganistão.   

O atentado aconteceu no momento do enterro de um filho do vice-presidente do Senado morto durante protestos contra o governo. Três dias antes, outro ataque, este com carro-bomba, já havia feito 90 vítimas em Cabul.   

Na última sexta-feira (2), milhares de pessoas se manifestaram na capital contra o presidente Ashraf Ghani e o grupo radical Talibã. Os atos terminaram em confronto e com a morte de cinco indivíduos, incluindo o filho do vice-presidente do Senado.   

O coordenador do governo afegão, Abdullah Abdullah, que faz as vezes de primeiro-ministro, estava no funeral, mas escapou ileso. O Talibã emitiu um comunicado para dizer que não tem ligação com o atentado, que teria sido provocado por suicidas.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos