Após evacuação,'selva' de Calais tem nova alta de imigrantes

PARIS, 2 JUN (ANSA) - Depois da evacuação do campo de imigrantes de Calais, conhecido como "selva" pelas precárias condições de vida, a região ao norte da França está novamente em estado de emergência após receber uma nova onda de refugiados que tentam chegar a Grã-Bretanha.   

De acordo com jornal "Le Figaro", com a chegada dos novos imigrantes a tensão e insegurança está "multiplicada". Na noite da última quarta-feira (31), um grupo de cerca de 40 pessoas passaram pela estrada que leva ao porto, onde há embarcações diretas para a Inglaterra, e atearam fogo nas barreiras que impediam o acesso ao local.   

Segundo a ONG Auberge des Migrants, atualmente há cerca de 500 imigrantes acampados em torno de Calais, enquanto que o limite seria para apenas 300 pessoas.   

Ainda há problemas no campo de Grande-Synthe, também ao norte do país e a pouco quilômetros de Dunkirk, onde, até abril do ano passado, um centro de acolhimento criado pelos Médicos Sem Fronteiras deu abrigo a mais de 1 mil pessoas.Após o incêndio que destruiu toda a estrutura, o prefeito da região, Damien Careme, afirmou que estava pronto para construir outro centro para acomodar 250 pessoas.   

Desde outubro do ano passado, o campo de imigrantes de Calais está sendo completamente evacuado. A estrutura abrigava há anos pessoas que fugiam de seus países e que faziam a travessia a pé pela Europa, em busca de uma vida melhor em algum país do continente. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos