Após polêmica,Prefeitura aprova construção de estádio da Roma

ROMA, 6 JUN (ANSA) - O governo da prefeita Virginia Raggi aprovou nesta terça-feira (6) a deliberação que redefine como obra de interesse público a construção do novo estádio da Roma, no bairro de Tor di Valle.   


O documento aprovado prevê gastos de 120 milhões de euros para obras de infraestrutura na região por parte da cidade. Agora, o documento segue para o Câmara Municipal, onde deverá ser aprovado na próxima semana.   


A liberação vem cerca de quatro meses após a Prefeitura dar um parecer desfavorável à obra, obrigando o clube a refazer os pontos considerados críticos do projeto inicial. O novo estádio não sofreu grandes alterações internas, mas houve a redução de 50% do chamado "business park" e a mudança das três grandes torres comerciais para prédios com menos andares.   


Em uma nota, o Campidoglio informou que o novo projeto "elimina as três torres, a construção de edifícios de baixo impacto ambiental realizados nos padrões energéticos, a superação do risco hidrogeológico, mas também a significativa melhora da mobilidade e do tráfico viário de entrada-saída na cidade".   


O comunicado ainda ressalta que se uma das normas destacadas não for cumprida, "levará à decadência da confirmação do interesse público". "A administração da capital adotará todas as iniciativas necessárias para desenvolver uma ação de vigilância, verificação e controle sobre a intervenção", informou ainda a Prefeitura.   


Caso a aprovação da Câmara venha na próxima semana, a previsão da finalização da obra está mantida para 2020. A arena terá capacidade inicial para 52,5 mil pessoas sentadas, expansível para 60 mil, com cadeiras bem próximas ao gramado.   


Todo o complexo custará cerca de 2 bilhões de euros em investimentos, sendo que 400 milhões de euros serão apenas para a construção do estádio. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos