Curdistão iraquiano convoca plebiscito de independência

BEIRUTE, 7 JUN (ANSA) - As autoridades da parte iraquiana do Curdistão fixaram para o dia 25 de setembro a data do plebiscito de independência da região autônoma, que tem maioria curda, que se encontra no norte do Iraque e faz fronteiras com a Síria, a Turquia e o Irã. A data foi anunciada nesta quarta-feira, dia 7, em um comunicado divulgado após a reunião finalizada há pouco entre o presidente do Curdistão iraquiano, Masud Barzani, e outras lideranças da região em Erbil. Na nota conjunta do encontro desta quarta também é anunciado que, além da consulta popular, estão sendo convocadas novas eleições parlamentares para o próximo dia 6 de novembro. O texto não afirma, no entanto, se o plebiscito pela independência incluirá as áreas estratégicas conquistadas pelas forças curdo-iraquianas nos últimos três anos no contexto da guerra contra o grupo terrorista Estado Islâmico (EI, ex-Isis). Entre essas zonas estão os distritos de Kirkuk, chave para o controle do petróleo da região, a parte oriental da planície de Nínive, com capital em Mosul, e Sinjar, perto com a fronteira com a Síria. Já o político Hemin Hawrami, principal conselheiro do presidente Masud Barzani, escreveu em um tweet que a consulta de 25 de setembro é para o "Curdistão iraquiano incluindo Kirkuk, Khanqin, Sinjar e Makhmor".   

O Curdistão iraquiano tem autonomia desde a década de 1990 e foi reconhecido pelo Iraque como "estado federal" na Constituição de 2005. Desde que a guerra contra o Estado Islâmico ganhou força em 2014, os curdos têm sido de grande importância na luta contra os jihadistas. Assim, conseguiram expandir seu território na região, não sem, no entanto, gerar tensões com o governo iraquiano. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos