Britânico com câncer terminal escala monte Everest

ROMA, 8 JUN (ANSA) - Um britânico diagnosticado com câncer terminal surpreendeu a todos após chegar ao topo do Monte Everest, a maior montanha do mundo com 8,8 mil metros de altitude. Ian Toothil realizou o feito na última segunda-feira (5) e ainda exibiu no pico do Everest uma bandeira do Sheffield United, arquirrival do seu time de coração, o Sheffield Wednesday. O homem de 47 anos é natural de Sheffield, uma das cidades mais populosas da Inglaterra, e decidiu escalar o monte após um amigo, torcedor do Sheffield United, doar 1 mil libras à instituição Macmillan de Suporte ao Câncer. Além disso, a iniciativa de Toothil foi destinada a arrecadar fundos para a instituição. A ideia é atingir 220 mil libras. O britânico foi diagnosticado com a doença em junho de 2015. Na ocasião, os médicos deram a ele entre quatro meses e dois anos de vida.   

Toothil começou a escalar a montanha, na cordilheira do Himalaia, em abril deste ano e só atingiu o topo na última segunda.   

"Quero inspirar qualquer um que vive com câncer a sair e fazer aquela coisa especial que sempre desejou. É claro que pode não ser escalar uma montanha. Poderia ser terminar aquele livro que você sempre disse que iria escrever, aprender uma nova habilidade ou fazer aquela viagem dos sonhos", escreveu Toothill no site da campanha, onde podem ser feitas as doações.   

Até o momento, de acordo com o site "Just Giving", a campanha de Toothill arrecadou pouco mais de 5 mil libras para o combate ao câncer. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos