Irã chama de 'repugnante' acusação de Trump sobre terrorismo

TEERÃ, 8 JUN (ANSA) - O ministro iraniano das Relações Exteriores, Mohammad Javad Zarif, classificou nesta quinta-feira (8) de "repugnante as palavras do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de que o próprio Irã promove o terrorismo.   

"São repugnantes a declaração da Casa Branca e as sanções do Senado, enquanto os iranianos combatem o terrorismo apoiado pelos clientes dos EUA", escreveu Zarif em sua conta no Twitter.   

O ministro ainda insistiu que aliados de Washington, como a Arábia Saudita, país que Trump fez um acordo militar milionário durante sua primeira viagem oficial ao exterior, são os verdadeiros patrocinadores do terrorismo.   

"Os déspotas que patrocinam o terrorismo ameaçam levar a luta para o nosso país", acrescentou Zarif. Ontem (8), a capital do Irã, Teerã, viveu momentos de terror após dois suicidas ligados ao grupo Estado Islâmico (EI) explodirem bombas no mausoléu do aiatolá Khomeini e no Parlamento iraniano, que foi tomado em sequestro.   

Ao menos 13 pessoas morreram e 52 ficaram feridas nos ataques assumidos pelo grupo extremista. Em solidariedade, Trump, por meio de comunicado, lamentou os atentados terroristas no Irã e disse que reza pelas "vítimas inocentes" e pelo "povo iraniano", mas insinuou que o país apoia grupos terroristas. "Os Estados que patrocinam o terrorismo arriscam se tornar vítimas do mesmo mal que promovem", afirmou.   

Nesta quinta, o Ministério de Inteligência iraniano também confirmou que as cinco pesssoas envolvidas nos ataques terroristas tinham envolvimento com o Estado Islâmico e haviam deixado o Irã "para lutar nas células do Estado Islâmico em Mossul, no Iraque, e em Raqqa, na Síria".   

Segundo o comunicado, os cinco terroristas tinham "se afiliado ao Wahabismo", uma forma conservadora do islamismo. No entanto, o local de nascimento de todos não foi identificado, e a ainda não se sabe como os militantes conseguiram escapar do controle das autoridades do país. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos