Homem que fez ataque em Notre Dame se radicalizou na web

PARIS, 10 JUN (ANSA) - O homem que atacou um policial na região da catedral de Notre Dame, em Paris, na última semana, se "radicalizou rapidamente na internet", informou o procurador da cidade, François Mollins, neste sábado (10).   

O homem foi identificado como Farid Ikken, nasceu na Argélia e "nunca demonstrou qualquer sinal de radicalização" para sua família.   

De acordo com Mollins, durante a busca feita na casa do autor da ação mostrou diversos manuais criados pelo Estado Islâmico para os chamados "lobos solitários", aqueles que fazem ataques sozinhos, e muitas fotos dos atentados ocorridos na França entre 2014 e 2016.   

A Procuradoria classificou Ikken como um "principiante" e disse que ele "não tem contatos com outras pessoas" que gravitam no ambiente dos extremistas. O homem foi indiciado por tentativa de assassinato de uma autoridade pública. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos