Itália terá eleições em mais de mil municípios neste domingo

ROMA, 10 JUN (ANSA) - Mais de 9,2 milhões de italianos são chamados para ir às urnas neste domingo (11) em 1.004 cidades para eleições municipais.   

O pleito ocorre em meio a um clima de tensão política já que, durante a última semana, um projeto para definir uma nova lei eleitoral para a Câmara dos Deputados e Senado fracassou nas primeiras conversas dos parlamentares.   

Por conta disso, há a pressão dos partidos opositores - especialmente, Movimento Cinco Estrelas (M5S) e Liga Norte para antecipar as eleições legislativas ainda para esse ano. O resultado deste domingo pode dar força - ou não - a esse pedido.   

A abertura das urnas acontecerá à partir das 7h (2h no horário de Brasília) e a votação será encerrada às 23h (18h). Nas cidades em que for necessário o segundo turno, nas 161 que tem mais de 15 mil habitantes, a data do pleito está agendada para 25 de junho.   

Há a disputa de prefeituras em 25 capitais de províncias ou regiões - entre as quais, Pádua, Verona, Parma, Frosinone e Lecce - e em 11 "novas" comunas, que surgiram após a fusão de municípios.   

A afluência ainda é uma incógnita, mas acredita-se que os 62% obtidos no ano passado sejam mantidos. O maior número de eleitores vem da Sícilia, sendo 1.545.694 milhão, distribuídos em 129 municípios, seguido da Lombardia, com 1.158.821 votantes de 139 cidades. Vêneto (997.642 mil), Puglia (885.113), Campânia (810.443), Ligúria (665.613), Piemonte (532.324) e Lazio (530.260). (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos