Procurador-geral dos EUA vai depor sobre caso 'Trump-Rússia'

WASHINGTON, 11 JUN (ANSA) - O procurador-geral dos Estados Unidos, Jeff Sessions, concordou em prestar depoimento para a Comissão do Senado que investiga uma suposta interferência do governo russo nas eleições norte-americanas.   

Sessions irá prestar seu depoimento na próxima terça-feira (13) para explicar questões informadas pelo ex-diretor do FBI James Comey durante seu interrogatório com os congressistas. De acordo com Comey, o FBI estava investigando um encontro entre o atual procurador e o embaixador russo nos EUA, Serghei Kisliak, que não foi notificado.   

O atual membro do governo de Donald Trump já havia confirmado que outros dois encontros com Kisliak não foram informados por ele durante a audiência que confirmou sua nomeação como um dos secretários da atual administração. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos