Mulher é presa ao ficar nua no Muro das Lamentações

TEL AVIV, 12 JUN (ANSA) - Uma mulher nua foi retirada à força do Muro das Lamentações, em Israel, em um episódio que chocou a comunidade judaica no fim de semana. A jovem de 23 anos compareceu ao lugar sagrado ontem (11), sem roupas, e agentes de polícia tiveram que deter a mulher e chamar seus pais para custódia. Jornais locais relacionaram o caso à chamada "Síndrome de Jerusalém", uma série de fênomenos mentais envolvendo ideias obssessivas religiosas, delíros ou surtos psicóticos que são desencadeados durante visitas à cidade sagrada. Mas os parentes da jovem disseram que ela sofre já distúrbios mentais. (ANSA)

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos