Leilão de moeda rara do Reino da Itália quebra recorde

TURIM, 13 JUN (ANSA) - Superou os 3,5 milhões de euros o último leilão de moedas, cédulas e medalhas raras realizado pela famosa casa Aste Bolaffi, de Turim. E o novo recorde da sociedade se deu principalmente pela venda da rara moeda de 50 liras de Vittorio Emanuele II, de 1864, por um significativo valor de 146,4 mil euros. "É uma das moedas mais raras do Reino da Itália, cunhada em apenas 103 exemplares. Ela vai a leilão a partir de 75 mil euros, mas pode superar os 100 mil", havia dito Gabriele Tonello, um dos especialistas da Aste Bolaffi, alguns dias antes do leilão. Entre os outros melhores resultados da noite também se encontra o 12 Zecchini, moeda de ouro emitida pela República Veneziana, do duque veneziano Paolo Renier, cujo valor partiu dos 15 mil euros, mas chegou aos 97,6 mil euros; a nota de 100 liras de 1872 da Zecca di Roma, por 53.680 euros; a moeda de 10 ducati do imperador do Sacro Império Romano-Germânico Fernando II, por 43.920 euros; e a moeda de 8 zecchini do duque de Veneza Giovanni Mocenigo, também por 43.920 euros. Já a seção de medalhas foi leiloada ao todo por um valor de quase meio milhão de euros. A principal delas foi um colar de ouro de um dos Cavalheiros de Sua Santidade concedida pelo papa Paulo VI de meio quilo que foi leiloado por 17,5 mil euros.   


(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos