Com 1 ano para Copa,Rússia tem atrasos e incêndio em estádio

MOSCOU, 14 JUN (ANSA) - A exatamente um ano da abertura da Copa do Mundo na Rússia, um incêndio atingiu nesta manhã (14) o estádio de Volgogrado que será usado para jogos do torneio. As chamas foram causadas pelo acúmulo de poliestireno expandido, um matérial de resina termoplástica chamado comercialmente de isopor. Faíscas de soldagem atingiram o poliestireno e provocaram o fogo, que destruiu uma área de 100 metros quadrados. De acordo com fontes locais, as equipes do Corpo de Bombeiros conseguiram conter as chamas e não houve registro de mortos ou feridos. Faltando 365 para a primeira Copa do Mundo da Fifa no leste europeu, a Rússia ainda está distante de finalizar todos os preparativos e enfrenta uma série de desafios. Confira: 1)Atrasos na obras: Apenas 33% dos estádios que serão usados na Copa do Mundo de 2018 foram entregues até o momento. Das 12 arenas, apenas quatro estão concluídas, número menor que o do Brasil a um ano do Mundial de 2014 (o país tinha 6 estádios prontos). 2)Ameaças de terrorismo: A Rússia é aliada do governo sírio de Bashar al-Assad e mantém soldados no Oriente Médio para lutar contra rebeldes e grupos terroristas, como o Estado Islâmico (EI). Além disso, o país também enfrenta um conflito secular com forças nacionalistas e islâmicas chechenas. Esses dois cenários tornam a Rússia um alvo para atentados. 3)Protestos: Desde o mês passado, líderes opositores como Alexei Navalny convocam manifestações em Moscou e em várias outras cidades do país contra o presidente Vladimir Putin e em protesto pelo fim da corrupção. Somente nesta semana, mais de 1.500 pessoas foram presas nos protestos. 4)Escândalo com Estados Unidos: O governo russo está sendo investigado por sua relação com o líder norte-americano, Donald Trump, e sua possível interferência nas eleições à Casa Branca em 2016. Chamado de "Russiagate", o escândalo atinge o alto escalão do governo Trump e as agências do FBI e da CIA. 5)Sem clima festivo: Com todo esse cenário, os russos não estão em clima de Copa do Mundo. São raros os artigos comercializados com o tema do torneio nas lojas do país, assim como os eventos esportivos com referência à Fifa. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos