Eleições na França deve confirmar força de partido de Macron

PARIS, 18 JUN (ANSA) - Os franceses voltaram às urnas neste domingo (18) no segundo turno das eleições legislativas que podem consolidar o poder do presidente recém eleito, Emmanuel Macron, já que seu partido Em Marcha é um dos favoritos.   

Segundo dados do Ministério do Interior, a participação no segundo turno era de 35,33% em meados da tarde eleitoral em comparação aos 40,75% do mesmo período no primeiro turno.   

Caso essa tendência se mantenha, a participação pode atingir um mínimo histórico neste tipo de eleição. Mais de 47 milhões de franceses foram convocados para a votação que pode ser marcada por uma importante abstenção.   

De acordo com as pesquisas, o líder do movimento Em Marcha! poderá ganhar entre 440 e 470 dos 577 assentos da Câmara. Toda a oposição deve dividir as posições restantes. O partido de seu antecessor, o socialista François Hollande, que controlava até agora a Assembleia com cerca de 300 deputados, teria apenas de 15 a 40 cadeiras. Já o partido conservador "Os Republicanos", com uma projeção de 60 a 80 cadeiras, se tornaria o principal partido de oposição.   

O movimento político de Macron, criado há apenas um ano, venceu o primeiro turno das legislativas em 11 de junho com 32,3% dos votos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos