Partido de Macron vence eleição marcada por abstenção recorde

PARIS, 18 JUN (ANSA) - O partido Em Marcha, do presidente Emmanuel Macron, obteve a maioria absoluta dos votos no segundo turno das eleições legislativas francesas deste domingo (18) e garantiu 355 lugares dos assentos da Assembleia Nacional, de acordo com as projeções do instituto Elabe.   

Segundo outra pesquisa de boca de urna, feita pela Ipsos-Sopra Steria, a vitória do partido de Macron é "esmagadora, mas não um tsunami". O partido conservador Os Republicanos foi o segundo mais votado com cerca de 125 cadeiras. O Socialista ficou com 49 e o partido de extrema direita Frente Nacional, da ex-candidata a presidência da França Marine Le Pen, obteve apenas 8 cadeiras.   

Segundo o líder do partido Os Republicanos, François Baroin, o "veredito das urnas é claro".   

Cerca de 47 milhões de franceses foram convocados para a votação marcada por uma importante abstenção. Segundo dados do Ministério do Interior, a participação no segundo turno foi de 35,33% em comparação aos 40,75% do primeiro turno.   

Após o fechamento das urnas, o secretário-geral do Partido Socialista francês, Jean-Christophe Cambadélis, anunciou sua renúncia. "Apesar da abstenção alarmante, o triunfo de Emmanuel Macron é inegável", disse Cambadélis, reconhecendo "a derrota da esquerda".   

As eleições foram realizadas em meio a um forte esquema de segurança, com cerca de 50 mil agentes, devido ao estado de emergência que a França permanece desde a série de atentados ocorrida em 2015. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos