EUA derruba drone sírio e volta a elevar tensão com Rússia

NOVA YORK, 20 JUN (ANSA) - Os Estados Unidos abateram um drone armado pró-regime de Bashar al-Assad próximo à fronteira entre Síria e Jordânia, informou em nota a coalizão internacional que combate o grupo terrorista Estado Islâmico (EI) nesta terça-feira (20).   

O equipamento foi abatido por um caça F-15E por conta de "seu posicionamento hostil" e que "avançou contra as forças da Coalizão". O local próximo à fronteira é usado pelos norte-americanos para fazer o treinamento dos agentes que combatem o EI na Síria.   

Ainda de acordo com a nota, o abatimento do drone ocorreu próximo ao ponto onde um avião militar sírio foi abatido recentemente. Os militares destacaram também que deixaram "claro" que qualquer movimento hostil "não seria tolerado".   

De acordo com informações da mídia norte-americana, trata-se de um drone de fabricação iraniana - país aliado de Assad, assim como os russos.   

Ontem (19), a Rússia anunciou a suspensão de um memorando com a coalizão internacional para prevenir incidentes durante operações aéreas na Síria.   

Isso porque, apesar de ambos fazerem ataques contra grupos terroristas, os objetivos são diferentes: enquanto a coalizão ajuda os rebeldes sírios e foca os ataques nos redutos do EI, os russos também atacam grupos que lutam contra Assad.   

O memorando tinha como objetivo evitar colisões entre aeronaves e drones dos "dois lados" do conflito. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos