Fachin tira de Moro processos sobre Lula e Odebrecht

SÃO PAULO, 20 JUN (ANSA) - O ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), tirou do juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, três casos contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva decorrentes das delações premiadas de executivos da construtora Odebrecht.   


O primeiro processo diz respeito ao tráfico de influência de Lula, que em troca de vantagens indevidas teria atuado em favor da empresa em negociações referentes a Angola. Esta denúncia teve origem depois dos depoimentos de Emílio Odebrecht e Marcelo Bahia Odebrecht, controladores do grupo, e de mais três ex-funcionários.   


Segundo despacho divulgado nesta terça-feira (20) por Fachin, a remessa das provas será encaminhada para a Justiça federal do Distrito Federal por ser " "de fatos que supostamente se passaram na capital da República".   


O outro caso trata da suposta atuação de Lula e também da ex-presidente Dilma Rousseff em favor da liberação de recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para a construção das Usinas Hidrelétricas de Jirau e de Santo Antônio, ambas em Rondônia. Já o terceiro processo trata do suposto pagamento de uma mesada pela Odebrecht a José Ferreira da Silva, o Frei Chico, líder sindical e irmão de Lula, segundo relatos dos ex-executivos da empresa Hilberto Mascarenhas Filho e Alexandrino Alencar. Os repasses seriam feitos como um modo de prestigiar o ex-presidente, declararam os colaboradores. Fachin determinou que a investigação sobre o assunto seja remetida à Justiça Federal de São Paulo, também a pedido da defesa de Lula.   


Nas três investigações, a Procuradoria-Geral da República (PGR) se manifestou contra a retirada dos processos de Moro. Os casos foram remetidos a Moro no início de abril. Por sua vez, Lula negou qualquer ilegalidade. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos